Sobre




Mnemonic iniciado em 2019, estabelece-se, essencialmente, como um atlas comum, um projeto de referência mútua que se centra no campo das artes procurando mapear percursos e memórias através de processos, vontades e referências que em determinado momento assumiram o seu papel preponderante na construção do processo coletivo.

A plataforma surge assim como meio capaz de mostrar o quão interdisciplinar a prática artística pode ser, contrariando a ideia de especialização que frequentemente se impõe. Entre as artes plásticas e a arquitetura, Mnemonic mapeia o epicentro de cada interferência recorrendo ao texto, imagem, desenho e às suas respetivas valências.
Há uma correspondência entre aquilo que se pensa e aquilo que se produz; entre os processos e a sua tradução prática;
Há uma correspondência sob a qual o projeto se constrói, a correspondência entre os dois membros que através do diálogo constroem a ideia.
Mnemonic para além da criação e partilha de conteúdo virtual diário, desenvolve paralelamente projetos de criação artística e projetos editoriais independentes.

Um projeto concebido por Diogo Borges Ferreira e Miguel Teodoro.


Autores

Miguel Teodoro (Viana do Castelo, 1997), é licenciado em Artes Plásticas pela Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto (2019), tendo estudado também na Akademie der Bildenden Künste em Viena (2018/19). Desenvolve uma prática artística que intersecta várias disciplinas, centrando o seu pensamento nas relações entre corpo, território e matéria. Trabalha principalmente com escultura, instalação, desenho, gravura e fotografia.
Participa frequentemente em exposições coletivas, projetos coletivos, publicações, residências artísticas e projetos de investigação em Cabo Verde e no Brasil. É co-autor do projeto Mnemonic e membro do Coletivo Lab.25.


Diogo Borges Ferreira (Viana do Castelo, 1997), frequenta atualmente o curso de mestrado integrado em arquitetura na Faculdade de Arquitetura da Universidade do Porto (2015-) e Technische Universität München (2019-2020), e desenvolve uma prática artística multidisciplinar centrada no tema do espaço e as suas circunstâncias. Estabelecendo correlações entre a escrita, o desenho e a produção fotográfica procura uma dimensão poética na interseção entre a matéria e o espaço. É atualmente, co-editor do projeto editorial Mnemonic que pretende mapear o epicentro de cada interferência e perceber as referências mútuas de diferentes processos e produções artísticas.


Apoiar

Mnemonic e Mnemonic Studio mantêm-se como plataformas independentes de investigação e produção artística. Financiando-se exclusivamente pela sua produção e pelos seus intervenientes.
Se quiser ajudar o projeto a evoluir poderá fazer uma doação.


Copyright


Mnemonic Studio
Follow us  ︎
Designer Irene Peixoto